Assassínios no Brasil sobem 11% durante primeiros impactos da pandemia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Brasil teve um aumento de 11% no número de assassinatos em março, quando o país já sofria os primeiros impactos da pandemia provocada pelo novo coronavírus, informaram hoje ‘media’ locais.

Segundo um levantamento realizado mensalmente pelo portal de notícias G1, em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, houve 4.146 mortes violentas no país em março de 2020.

No mesmo mês de 2019, o Brasil registou 3.729 assassínios, dados que confrontados com os resultados deste ano indicou o crescimento deste tipo de crime violento no país.

De janeiro a março, ocorreram 11.908 assassínios no Brasil contra 10.924 em 2019, dado que mostrou uma subida de 9% deste tipo de crime no país sul-americano.

O aumento do número de assassínios registado este ano vai na contramão de 2019, quando o Brasil registou uma queda de 19% no número de mortes violentas.

No ano passado, o Brasil registou 41 mil vítimas de crimes violentos, o menor número desde 2007, ano em que o Fórum Brasileiro de Segurança Pública passou a recolher os dados.

Em março vários estados e cidades brasileiras começaram a decretar medidas de isolamento social como o fecho do comércio e dos serviços não essenciais para tentar deter a proliferação do novo coronavírus.

O Brasil, o segundo país do mundo com o maior número de infeções por covid-19, registou um total de 363.211 casos e 22.666 mortes provocadas pelo novo coronavírus, segundo dados atualizados pelo Ministério da Saúde no domingo.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou quase 345 mil mortos e infetou mais de 5,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,1 milhões de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.