Diversificação económica leva à produção de sementes melhoradas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Duzentos e 50 hectares de terras estão ser preparados para a produção de sementes melhoradas na fazenda Katumbo II, comuna de Chinhama, município do Cachiungo (Huambo), com objectivo de diminuir os custos de importações de insumos agrícolas.

A iniciativa, segundo o proprietário do projecto, Domingos David, em declarações à imprensa, conta já, para a presente época agrícola (2019/2020), com 20 hectares onde foram produzidas sementes melhoradas de batata rena e 80 de feijão e milho, de modo estimular o processo de diversificação económica.

Domingos David acrescentou que, em Julho próximo, isto referente à segunda fase da presente época, serão cultivados 50 hectares de milho, no sistema de rega a partir do rio Cuvango, que atravessa o projecto e, no mês de Outubro, 100 hectares de feijão.

Para o próximo ano, prevê-se ainda o cultivo de uma área de 400 hectares de milho, que estão a ser preparados na fazenda, que possui uma extensão de 1.000 hectares.

O agricultor deu também a conhecer que, na segunda fase da campanha agrícola 2020/2021, deverão ser cultivados 100 hectares de feijão e igual quantidade de soja, numa altura em que o sector privado pretende ajudar as autoridades na diminuição das importações, com realce para os produtos com provas de grandes potencialidades.

“O sector privado da província do Huambo, sobretudo do ramo agrícola, quer contribuir para o alcance deste desiderato, daí a importância do aumento da produção interna, começando pelas sementes melhoradas, para a satisfação do consumo interno e, por conseguinte, para que haja excedentes para exportar e buscar divisas para o país, evitando a invasão de capitais por forças das importações de bens”, frisou.

Domingos David realçou que a localização geográfica da fazenda Katumbo II, com muitas potencialidades e recursos hídricos, principalmente no rio Cuvango, dá-lhe a capacidade para produzir em todas as fases do ano.

Porém, referiu que faltam parte dos meios técnicos, não obstante aos kits de desmatação existentes, de modo a abrir algumas represas para a irrigação no sistema de gravidade com vista a diminuição dos custos.

A abertura da fazenda agro-pecuária Katumbo II, localizado no interior da comuna da Chinhama,  a cerca de 141 quilómetros a Leste da cidade do Huambo, criou oportunidade de emprego para mais de 250 jovens, que estão a manusear os equipamentos que estão a ser utilizados para o desbravamento da terra.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.