Treinador do Newcastle pede regresso da Liga Inglesa apenas no final de junho

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O treinador do Newcastle, Steve Bruce, pediu um regresso da Liga Inglesa de futebol apenas no final de junho, para dar tempo aos jogadores para se prepararem e não terem colapsos físicos.

“É preciso lembrar que já passaram oito semanas desde a paragem e é, provavelmente, a pausa mais longa que alguns jogadores tiveram nas suas carreiras”, alertou o técnico dos ‘magpies’ em relação à questão física.

Steve Bruce falou na possibilidade de existir uma espécie de pré-época, com jogos particulares, de modo a deixar os jogadores preparados para um regresso à competição, suspensa desde o fim de semana de 07 e 08 de março.

“Precisamos de preparação suficiente para deixar os jogadores em forma, caso contrário arriscam-se a desmoronar como um castelo de cartas”, advertiu o treinador, em declarações ao jornal Sunday Telegraph.

O governo britânico abriu a porta a um possível regresso da Premier League a partir de 01 de junho, quando a competição procura encontrar soluções para encaixar 92 jogos entre início de junho e final de julho.

Na segunda-feira, é esperado que os clubes da Liga inglesa apresentem o protocolo sanitário a adotar e, na terça-feira, que comecem a regressar aos treinos, respeitando o distanciamento físico.

A preocupação do treinador do Newcastle aponta para as questões físicas devido à suspensão da atividade e não tanto em relação a um contágio pelo novo coronavírus, com o técnico a assinalar as medidas rigorosas nos clubes.

“Com as medidas colocadas em prática, é, provavelmente, mais arriscado ir ao supermercado ou meter combustível no carro”, ironizou o técnico, lembrando a possibilidade de os jogadores serem testados a cada três dias.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas — Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, dos Países Baixos e da Bélgica foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 04 de junho, enquanto a Alemanha regressou no sábado.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou perto de 312 mil mortos e infetou mais de 4,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,6 milhões de doentes foram considerados curados.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.