Lubango necessita de 10 mil carteiras escolares

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Dez mil carteiras escolares são necessárias para apetrechar 81 salas de aulas públicas do ensino primário e II ciclo do ensino secundário em construção no Lubango, província da Huíla.

De acordo com o  director do Gabinete Provincial  da Educação, Pedro Tchissingui, que falava à imprensa após a constatação das infra-estruturas escolares pelo governador, Luís Nunes, inseridas no Programa Integrado de intervenção Municipal (PIIM-2020), as referidas infra-estruturas vão atender mais de seis mil alunos no ano lectivo de 2021.

Segundo o gestor, há dificuldades na aquisição de carteiras para apetrechar as salas de aula, assim como repor as degradadas e sem hipótese de manutenção, por não haver cabimentação para efeito, dependendo do governo provincial.

Embora esteja em vias de ganhar, até ao final do ano, 81 uma salas, o município necessita mais  200 para integrar no sistema 34 mil e 330 alunos hoje excluídos pela carência.

O sector da Educação do município do Lubango controla 198 escolas, que totalizam 1.352 salas de aula.

O sistema de ensino  é assegurado por sete mil professores.

Com uma superfície territorial de três mil e 140 quilómetros quadrados, o município do Lubango tem uma população estimada em 931.703 habitantes.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.