São Tomé e Príncipe pede alívio da dívida aos parceiros bilaterais

You are currently viewing São Tomé e Príncipe pede alívio da dívida aos parceiros bilaterais

O Governo de São Tomé e Príncipe está a pedir aos parceiros bilaterais o “alívio” das dívidas devido aos problemas de tesouraria do pai, no quadro da crise económica acentuada pela pandemia da covid-19.

Em declarações aos jornalistas na quinta-feira, o ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul disse que, até ao momento, a única garantia que o executivo recebeu veio do Fundo Monetário Internacional (FMI), que propôs uma moratória de seis meses para o pagamento dos juros da dívida.

“São Tomé e Príncipe beneficiou do alívio da dívida com o FMI e nós nesse momento também estamos a solicitar aos nossos parceiros bilaterais o alívio das nossas dívidas porque simplesmente, nesse momento critico não temos como pagar”, disse Osvaldo Vaz.