Archer Mangueira quer dinamisno dos novos gestores

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O governador do Namibe, Archer Mangueira, apelou hoje a maior dinamismo, humildade e responsabilidade aos novos responsáveis empossados nos diferentes organismos do aparelho do Estado na provincia.

Acher Mangueir, que intervinha na cerimónia de toma da posse de 10 novos quadros de vários organismos e administrações municipais, recomendou aos gestores espírito de equipa, competência por excelência e acima de tudo o patriotismo.

Na cerimónia foram empossados o director do gabinete provincial de infra-estrutura e serviços técnicos, Carlos Alberto Mateus Caseiro, o chefe de departamento de promoção, reabilitação e gestão imobiliária do gabinete provincial de infra-estrutura e serviços técnicos, Chiate Chialeno  e de  gestão urbanística, Lídia Maria Nulembe.

Foram igualmente empossados ao cargo de chefe de departamento de obras públicas, Josena Malvina, de comunicação institucional e imprensa, Valentim Rodrigues, administradora comunal do Forte Santa –Rita, Marilia Inácio e administradora comunal de Moçâmedes, Maria Alexandrina Gil, entre outros.

Em declarações à Angop, o novo  director do gabinete provincial de Infra-estruturas e serviços técnicos do governo provincial do Namibe,Carlos Alberto Mateus Caseiro apontou como prioridades, a terraplanagem de algumas vias secundárias e terciárias a nível dos cinco municípios por forma a facilitar a circulação de pessoas e bens .

“ Temos já um kit de equipamentos compostos por camiões basculantes, tractores e escavadoras e outros meios que vão facilitar todo este processo de terraplanagem naquelas vias, sobretudo, as mais críticas, bem como, o desassoreamento de alguns rios já identificados, permitindo assim que a nossa população possa desenvolver a agricultura com maior segurança ”, acrescentou o responsável.

A administradora comunal do Forte Santa-Rita, Marília Inácio, definiu como acções prioritárias a desburocratização dos serviços administrativos com vista a prestar melhor atendimento aos cidadãos.

Apontou ainda a melhoria dos serviços sociais básicos às comunidades, como o fornecimento energia eléctrica, abastecimento de água e o saneamento básico, com vista a diminuir o índice de doenças no seio das comunidades, (cólera,malária, febre-tifóide).

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.