Estados Unidos da América ultrapassam as 80 mil mortes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os Estados Unidos ultrapassaram hoje a barreira dos 80.000 mortos, por causa da pandemia, e são o país mais afetado pelo novo coronavírus, contando com mais de 1,3 milhões de pessoas contagiadas, segundo o balanço da Universidade Johns Hopkins.

De acordo com as informações divulgadas pela Universidade Johns Hopkins, citadas pela agência espanhola Efe, há um total de 80.087 óbitos registados em território norte-americano desde o início da pandemia, número que é bastante superior às mortes declaradas no Reino Unido (32.140) e em Itália (30.739).

Nova Iorque é o estado norte-americano mais afetado pela pandemia da doença provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), com 26.682 mortos e 337.055 casos de infeção confirmados, seguindo-se Nova Jersey (9.340 óbitos e 140.206 casos).

As informações divulgadas pela Universidade de Johns Hopkins, sediada em Baltimore, estado de Maryland, dão conta de que pelo menos 216.169 pessoas recuperaram da doença.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 283 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Quase 1,4 milhões de doentes foram considerados curados.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.