Covid-19: Comerciantes serão submetidos à quarentena

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os cidadãos nacionais que se dedicam a uma atividade comercial, camionistas e negociantes, provenientes da província de Luanda, serão, a partir da próxima semana, submetidos à quarentena institucional no Tômbwa.

Semanalmente, o município recebe mais de 10 camiões contentorizados que buscam produtos como peixe seco e hortícolas (tomate e cebola) que são vendidos nos mercados de Luanda, Malange, Huambo, Bié, Huila, Cunene, entre outros pontos.

De acordo com o coordenador Municipal da Comissão Multissectorial de prevenção à Covid-19, Alexandre Niyúka, a medida visa evitar a transmissão comunitária por cidadãos provenientes de Luanda

Em declarações à ANGOP, o responsável afirmou que a medida foi aprovada durante um encontro de balanço da comissão multissectorial.

Os membros da comissão foram ainda informados que, no âmbito da 3ª fase do Estado de Emergência, as autoridades sanitárias vão redobrar as visitas de constatação para aferir o cumprimento das medidas de prevenção nos estabelecimentos comerciais, bancos e nas instituições públicas.

Neste município, para a prevenção contra a pandemia nas comunidades, as autoridades disseminam informações de prevenção nas unidades sanitárias, no mercado municipal, pracinhas e em outros pontos de aglomerado populacional.

O Tômbwa dista a 93 quilómetros a sul da sede do Namibe e possui mais de 50 mil habitantes, na sua maioria pescadores e pequenos camponeses.

Conta com um centro de quarentena e de tratamento para casos possíveis de coronavírus.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.