Médicos detidos por abandono de turno que resultou na morte de um paciente

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Dois médicos encontram-se detidos desde quinta-feira em Malanje, por, supostamente, terem abandonado o turno de serviço, o que resultou na morte de um paciente de 80 anos.

A informação foi avançada, nesta sexta-feira, à Angop, pelo porta-voz do Serviço de Investigação Criminal (SIC), Lindo Ngola, realçando que a denúncia do caso foi feita por um dos filhos do malogrado, que intentou uma acção crime contra os médicos.

O facto aconteceu na madrugada de quarta-feira no Hospital Regional de Malanje, onde a vítima deu entrada e falaceu antes de receber assistência médica.

Os médicos são ainda acusados de falsificação de diagnóstico médico, uma vez que o paciente padecia de dores musculares e, sem ter sido observado, recebeu um boletim de óbito com paludismo e excesso de açúcar no organismo como causa da morte.

Lindo Ngola precisou que o caso foi encaminhado ao Ministério Público para o devido julgamento, realçando que os acusados incorrem a uma pena que vai de 8 a 12 anos de prisão.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.