Hospital de Cambulo instala quatro ventiladores

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Quatro aparelhos ventiladores para cuidados intensivos de pacientes que venham a ser diagnosticados com o novo coronavírus (covid-19) foram instalados neste fim-de-semana, no Hospital Municipal de Cambulo, província da Lunda Norte.

A informação foi avançada hoje, quarta-feira,  pelo administrador municipal do Cambulo, Silvestre Cheleca,  quando falava à imprensa a propósito das condições logísticas do município para atender possíveis casos da pandemia.

Disse que o município tem igualmente disponíveis seis aparelhos de infusão,  18 balas de oxigênio, 28 quartos para quarentena institucional,  seis para internamento de pacientes com Covid-19.  

Por outro lado, apontou que, no âmbito da parceria público/privada,  uma padaria distribui 400 pães/dia às famílias vulneráveis.

Ainda na Lunda Norte, para facilitar e disseminar informações sobre a situação epidemiológica do país e as medidas impostas no quadro do Estado de Emergência, face à pandemia da COVID-19,  as autoridades vão, nos próximos dias, formar activistas sanitários, fazem recurso das línguas locais, como cokwe, nas 15 comunas.

Grande parte das comunidades tem apenas o domínio das línguas nacionais, o que torna difícil a compreensão, em português,  de informações ou instruções relacionadas com a evolução dos casos no país e das medidas de prevenção.

Esta informação foi prestada, no Dundo, pelo coordenador provincial da Comissão Multissetorial de Resposta ao Covid-19 na Lunda Norte, Ernesto Muangala, para quem a medida visa o envolvimento das autoridades tradicionais e outras figuras das comunidades rurais  nas campanhas de sensibilização e na actualização do estado epidemiológico do país e da província, face a COVID-19.

Por outro lado, enalteceu a colaboração dos cidadãos provenientes da África do Sul, Brasil,  Namíbia,  Ucrânia,  Portugal e República Democrática do Congo,  ao comparecerem para recolha das amostras para os testes da COVID-19.

No total foram colhidas 39 amostras e enviada para Luanda para os testes laboratoriais.

Actualmente, 42 cidadãos estão em quarentena na Lunda Norte, dos quais 13 institucional e 29 domiciliar.

Angola tem o registo de 36 casos positivos da covid-19,  dos quais 11 recuperados,  duas mortes e 23 activos e estáveis.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.