Banco Milennium “cresce” 12 por cento

Banco Milennium “cresce” 12 por cento

O Banco Milennium Atlântico atingiu, em 2019, um resultado líquido de 30,5 mil milhões de Kwanzas um incremento de 12% face a 2018, embora abaixo do previsto face ao contexto de crise económica, soube hoje a Angop.

Os dados, que constam do relatório e contas do banco aprovados pela assembleia geral de accionistas, realizadadia 28 de Abril último, reportam que fruto de uma forte aposta em medidas de eficiência, há uma redução dos seus custos operacionais em 8,2%, face a 2018, o que resultou num rácio de cost-to-income (CTI) recorrente de 47% (menos dois pontos percentuais do que no exercício anterior).

Em 2019, o Atlântico concluiu, de igual modo, com sucesso o exercício de Avaliação da Qualidade dos Activos (AQA), promovido pelo Banco Nacional de Angola (BNA), tendo fechado o exercício com um rácio de solvabilidade regulamentar (RSR) de 14,5%, quatro pontos percentuais acima do exigido pelo regulador.

Adicionalmente, o banco continuou o seu investimento no fortalecimento das ferramentas de controlo interno, direccionando o seu foco para a gestão dos riscos de balanço, destacando-se um rácio de crédito em risco de 15,7% (menos 1,2 pontos percentuais do que no exercício anterior).

O rácio de cobertura de crédito em risco por imparidade situou-se em 130% (mais 29 pontos percentuais do que no exercício anterior).

Outro marco registado pelo banco foi o número clientes contabilizado agora em mais de  1,8  milhões,  um aumento de 40%, fruto da aposta na banca digital.

O aumento de clientes é 40% é fruto do forte investimento efectuado na sua plataforma de “Onboarding digital” , que permitiu aumentar significativamente a sua capacidade de captação de clientes para 2.500 clientes/dia.

No período em referência, o Banco fez o lançamento da plataforma  “MOBILE BANKING”, para segmentos de clientes de baixa renda.

O banco dispõe de uma carteira de crédito no valor de 100 milhões de dólares para promover e apoiar projectos voltados ao tão almejado processo de diversificação da economia e aumento da produção interna.

Fruto do forte investimento efectuado na sua plataforma de “Onboarding digital” , que permitiu aumentar significativamente a sua capacidade de captação de clientes para 2.500 clientes/dia.

Por outro lado, reforçou o seu posicionamento universal com o desenvolvimento de uma proposta de valor que simplifica o acesso do segmento de famílias e negócios de baixa renda ao sistema financeiro, sob o lema “Simplificar para bancarizar”.

Fonte: Angop

Close Menu