Polícia encerra cinco bares clandestinos no Lubango

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A Polícia Nacional encerrou, na noite de domingo, quatro bares que funcionavam clandestinamente na cidade do Lubango, província da Huíla, apesar das proibições impostas pelo Estado de Emergência.

Para além do encerramento dos bares foram igualmente detidos os seus proprietários.

Falando hoje, segunda-feira, à Angop, o director do gabinete de comunicação institucional da delegação do Ministério do Interior na Huíla, Manuel Hlaiwa Domingos, informou terem sido detidos, em flagrante, 56 cidadãos que se encontravam nos locais em causa a conviver e a consumir bebidas alcoólicas.

Os cidadãos detidos serão presentes ao Ministério Público para julgamento sumário nos próximos dias, acusados de crime de desobediência.

Desde a instauração do Estado de Emergência, o Comando Provincial da Polícia Nacional já encerrou 12 bares clandestinos, onde foram detidos em flagrante mais de 300 pessoas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Para todo o tipo de comunicação, utilizar os seguintes contactos:

Designed by nzaylakasesa,lda.