Mais de 400 quilos de carne de caça destinados para Uíge apreendidos pela polícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Os Serviço de Investigação Criminal (SIC) na província do Cuando Cubango apreenderam, no município do Cuito Cuanavale, mais de 400 quilogramas de carne de caça de diversos animais que se destinavam ao comércio.

A carne foi encontrada numa viatura dirigida por uma mulher que, interpelada pelo SIC, disse que vinha do município do Rivungo, fronteiriço com a Zâmbia.

O porta-voz do SIC, Anderson Domingos, explicou que o evento ocorreu às 17 horas desse sábado (2), e que o objectivo da mulher era levar a carne à província do Uíge, caso passasse o município de Menongue.

Este é o segundo caso do género, em três anos, que o SIC regista na província do Cuando Cubango, segundo o porta-voz.

Entretanto, a detida, identificada por Formosa Garcia, de 58 anos de idade, natural do Uige, disse que comprou a carne a caçadores furtivos da localidade do Licua, município do Rivungo, num valor de 750 mil Kwanzas e esta é a terceira vez que faz este tipo de negócio.

“A carne de caça era para vender, uma vez que sempre vendi no mercado  informal do Tchivonde”, disse a comerciante, que vive no Cuando Cubango desde 1984 .

Justificou que o dinheiro do comércio da carne de caça tem servido para apoiar a formação de filhos que encontram-se em Luanda, capital do país, bem como para o sustento da família.

O município do Cuito Cuanavale  fica a 189 quilómetros a leste de Menongue, sede capital da província do Cuando Cubango.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.