França confirma mais 166 mortos nas últimas 24 horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

França registou mais 166 mortes associadas à covid-19 nas últimas 24 horas, revelou hoje o ministério da Solidariedade e da Saúde, aumentando o total de vítimas para 24.760 desde o início da pandemia.

Segundo os dados apresentados pelo comunicado do governo francês, 15.487 pessoas morreram em hospitais e 9.273 em lares. O executivo liderado pelo primeiro-ministro Édouard Philippe adiantou ainda que a pressão sobre as unidades de cuidados intensivos (UCI) continua a diminuir, registando menos 51 pacientes, embora o total de pessoas aí internadas se mantenha acima da capacidade instalada.

“6.426 pacientes estão internados em cuidados intensivos (taxa de ocupação de 126% em comparação com a capacidade inicial de 5.065 camas), incluindo 3.827 com covid-19”, pode ler-se na nota divulgada.

Com o desconfinamento no país previsto a partir de 11 de maio, os mapas de síntese compilados pelas autoridades francesas revelam também que a pressão hospitalar no sudeste do país baixou, levando à transição de todos os departamentos da categoria laranja para a categoria verde, que representa menor gravidade e poderá permitir um desconfinamento mais abrangente para a população.

De acordo com o novo mapa, que sintetiza a circulação ativa do SARS-CoV-2 e as capacidades de UCI, 32 departamentos encontram-se no nível vermelho (inalterado), 22 no nível laranja — que é uma categoria provisória e significa que apenas um dos dois indicadores é positivo – (face aos 28 da véspera) e 47 a verde (contra 41 na sexta-feira).

A partir de 07 de maio, ficaram estabelecidas apenas duas categorias – verde e vermelho -, que vão determinar o nível de flexibilização das restrições aplicadas pelo Estado desde 17 de março.

França é o quinto país com mais óbitos desde o início da pandemia, superada apenas por Estados Unidos (mais de 65 mil e 1,1 milhões de casos), Itália (28.710 mortos, mais de 209 mil casos), Reino Unido (28.131 mortos, mais de 182 mil casos) e Espanha (25.100 mortos, mais de 216 mil casos).

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 240 mil mortos e infetou mais de 3,3 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de um milhão de doentes foram considerados curados.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.