Brasil regista 435 mortos e recorde de 7.218 infetados em 24 horas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Brasil registou mais 435 mortes de pessoas infetadas pelo novo coronavírus e o recorde de 7.218 novos infetados nas últimas 24 horas, informou hoje o Ministério da Saúde do país.

Desde o início da pandemia, o país sul-americano já contabilizou 5.901 óbitos e 85.380 casos confirmados de infeção pela covid-19. Contudo, está ainda a ser averiguada a eventual relação de 1.539 óbitos com o novo coronavírus.

Segundo a tutela, a taxa de letalidade da doença no país está hoje em 6,9%.

O aumento no número de mortes no Brasil foi de 7,9%, passando de 5.466 na quarta-feira para 5.901 hoje. Em relação ao número de infetados, o crescimento foi de 9,2%, de 78.162 para 85.380 casos confirmados.

São Paulo contabiliza 2.375 mortos e 28.698 casos de infeção, sendo o estado que concentra o maior número de casos no Brasil. Face ao dia anterior, aquela que é a unidade federativa mais rica e populosa do país teve um acréscimo de 128 vítimas mortais e 2.540 infetados.

Seguem-se o Rio de Janeiro, com 854 óbitos e 9.453 casos de infeção, o Ceará, com 482 mortos e 7.606 infetados, Pernambuco, que, até ao momento, contabilizou 565 vítimas mortais e 6.876 casos confirmados, e o Amazonas, num total de 425 mortes e 5.254 pessoas diagnosticadas com covid-19.

No Brasil, 17 das 27 unidades federativas do país já têm mais de mil casos registados da doença: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina, Pará, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Ceará, Bahia, Maranhão, Amazonas, Distrito Federal, Rio Grande do Norte, Amapá e Alagoas.

O Ministério da Saúde informou também que o país sul-americano registou, até à tarde de hoje, a recuperação de 35.935 pacientes infetados, sendo que 43.544 doentes continuam sob acompanhamento.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 230 mil mortos e infetou mais de 3,2 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Cerca de 908 mil doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.