UEFA rejeita recurso do FC Porto e mantém três jogos de castigo a Soares

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA decidiu manter os três jogos de castigo ao brasileiro Tiquinho Soares, rejeitando o recurso do FC Porto, que assim não poderá contar com o avançado nos próximos compromissos europeus.

Soares recebeu um cartão vermelho direto na derrota (3-1) caseira do FC Porto diante dos alemães do Bayer Leverkusen, que ditou o afastamento da equipa da Liga Europa nos 16 avos de final, em 27 de fevereiro.

Além de manter o castigo ao ponta de lança, divulgado na segunda-feira, o organismo que rege o futebol europeu multou os ‘dragões’ em cerca de 28.000 euros, sendo que 10.000 se devem a conduta imprópria da equipa, que recebeu cinco ou mais cartões amarelos naquele encontro, e 18.000 pelo bloqueio de passagens públicas.

Antes, no último desafio da fase de grupos, disputado em 12 de dezembro de 2019, no Estádio do Dragão, frente ao Feyenoord, da Holanda, o FC Porto foi castigado em 16.000 euros também pelo bloqueio de escadas.

De resto, o Comité da UEFA reduziu uma coima no valor de 5.000 euros para 2.500, por invasão de campo, mas multou o clube da invicta em 3.250 euros por pirotecnia, no jogo com o Young Boys, na Suíça, em 28 de novembro de 2019.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.