Pandemia causa mais de 204 mil mortos e 2,9 milhões de infetados pelo mundo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A pandemia de covid-19 já provocou 204.696 mortos e infetou mais de 2,9 milhões de pessoas em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP, baseado em dados oficiais.

De acordo com os dados recolhidos pela AFP, até às 20:00 em Luanda, foram oficialmente diagnosticados 2.929.630 de casos de infeção pelo novo coronavírus em 193 países e territórios desde o início da epidemia, em dezembro de 2019, na província chinesa de Wuhan.

Contudo, a AFP alerta que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do total real de infeções, já que um grande número de países está a testar apenas os casos que requerem tratamento hospitalar.

Entre os casos diagnosticados, pelo menos 797.800 já são considerados curados.

Desde a contagem realizada à mesma hora de sábado, registaram-se 3.961 mortes e foram diagnosticados 83.386 novos casos de infeção pelo novo coronavírus em todo o mundo.

Os países com mais óbitos nas últimas 24 horas foram os Estados Unidos da América (1.105), Reino Unido (413) e Brasil (346).

Os Estados Unidos da América, que reportaram a primeira morte devido à covid-19 em fevereiro, são o país que regista mais mortes – 54.175 – e mais casos de infeção pelo novo coronavírus – 956.292. Pelo menos 106.366 pessoas já foram declaradas como curadas pelas autoridades norte-americanas.

Depois dos Estados Unidos da América, os países mais afetados devido à pandemia são a Itália, com 26.644 mortes em 197.675 casos, a Espanha com 23.190 mortos (207.634 casos), a França com 22.856 mortes (162.100 casos) e o Reino Unido com 20.732 mortos (152.840 casos).

A China (sem os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de dezembro, contabilizou oficialmente 82.827 casos (11 novos casos entre sábado e hoje), com 4.632 mortes (nenhuma nova), e 77.394 recuperados.

A Europa totalizava 124.091 mortos entre 1.368.407 de casos, os Estados Unidos e o Canadá 56.811 mortes (1.002.932 casos), a Ásia 7.993 mortos (201.605 casos), a América Latina e as Caraíbas 7.985 mortes (162.066 casos), o Médio Oriente 6.296 mortes (155.102 casos), África 1.412 mortos (31.514 casos) e a Oceânia 108 mortes (8.013 casos).

Este balanço foi realizado a partir de dados recolhidos pela AFP junto de autoridades nacionais e informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em Angola, foi ontem anuncido mais um caso que elevou para 26 o número de pessoas contaminadas com o novo coronavírus, depois de um período de 48 horas em que não houve registo de casos positivos.

Dos casos até agora registados, 2 resultaram em mortes, 6 recuperados e 18 casos activos. Segundo a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, os 18 casos activos estão dividos e internados em três hospitais: Hospital da Barra do Kwanza, Multiperfil e na Clínica da Endiama.

Dos recuperados 2 já tiveram alta médica.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.