Pandemia em África matou 1.055 pessoas e infetou 21.096

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

A pandemia de covid-19 em África provocou a morte a 1.055 pessoas e infetou 21.096, com os recuperados a ascenderem aos 4.974, segundo o boletim do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC).

A última atualização dos dados da pandemia, hoje divulgada, refere que nas últimas 24 horas o número de mortos subiu de 1.016 para 1.055.

Por seu lado, os infetados ultrapassaram a barreira dos 20 mil, contabilizando 21.096 naquele continente (19.895 no sábado).

O número de pacientes recuperados da infeção passou de 4.642 para 4.974.

A região mais afetada continua a ser o norte de África, com 767 mortos.

A pandemia afeta 52 dos 55 países e territórios de África, com cinco países — África do Sul, Argélia, Egito, Marrocos e Camarões – a concentrarem mais de metade das infeções e mortes associadas ao novo coronavírus.

A África do Sul continua a ser o país com o maior número de casos (3.034), com 52 mortos, mas o maior número de vítimas mortais regista-se na Argélia (367), em 2.534 infetados.

O Egito tem 3.032 infetados e 224 mortos, enquanto Marrocos totaliza 2.685 casos e 137 vítimas mortais. Os Camarões contabilizam 21 mortes em 1016 infetados.

Entre os países africanos lusófonos, Cabo Verde lidera em número de infeções, com 58 casos e uma morte.

A Guiné-Bissau contabiliza 50 pessoas infetadas pelo novo coronavírus e Moçambique tem 35 casos declarados da doença.

Angola soma 24 casos confirmados de covid-19 e duas mortes e São Tomé e Príncipe, o último país africano de língua portuguesa a detetar a doença no seu território, continua sem casos registados, após uma primeira identificação de quatro casos positivos que não foram confirmados na segunda análise.

Na Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), estão confirmados 79 casos positivos de infeção, segundo o África CDC.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 157 mil mortos e infetou mais de 2,2 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 502 mil doentes foram considerados curados.

Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.