Ministério da Saúde inicia ensaios dos testes rápidos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O Ministério da Saúde (Minsa) iniciou, nesta quinta-feira, “ensaios dos testes de concordância” a 200 pessoas, para o diagnóstico da covid-19, informou, nesta cidade, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

Os ensaios para se verificar a sensibilidade e especificidade do material decorrem em Luanda, sendo que os 200 testes rápidos fazem parte do lote de cinco mil testes adquiridos recentemente em Portugal.

Ao falar na tradicional conferência de imprensa de actualização da situação epidemiológica da pandemia em Angola, informou que depois dos ensaios a fase seguinte será a de testagem massiva, precedida de estudos aleatórios no terreno, para uma maior referenciação.

Explicou que, durante a testagem massiva, particularmente nas comunidades já a partir da próxima semana, se houver casos positivos, estes pacientes serão submetidos a teste laboratorial, usado até ao momento, para se provar a fiabilidade e eficácia.

Reiterou a necessidade da população cumprir com as medidas de prevenção, pois, “como disse, a lavagem de mãos, uso do álcool em gel e o confinamento, permitiu reduzir a infecção da doença em 70 por cento a nível do país, que há oito dias não regista casos novos.  

Angola continua com 19 casos positivos confirmados, entre os quais dois mortos, cinco recuperados – dois já tiveram alta hospitalar por melhoria – e 12 casos activos, mas clinicamente estáveis, todos provenientes do exterior do país no mês de Março.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.