Marouane Fellaini deixa hospital depois de três semanas internado

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

O belga Marouane Fellaini, único jogador a atuar na elite do futebol chinês a dar positivo para coronavírus, deixou o hospital depois de três semanas internado, anunciou o clube nesta terça-feira (14).

“Fellaini foi testado e, após ver que está curado, pôde deixar o hospital hoje (14)”, anunciou em breve comunicado o Shandong Luneng, clube da cidade de Jinan (leste), onde o belga de 32 anos joga há um ano.

O ex-jogador do Manchester United deverá respeitar 14 dias de isolamento social, como prevê o protocolo chinês, antes de poder ser reintegrado ao elenco do clube e voltar a treinar.

O anúncio de sua doença, em 22 de março, logo após sua volta à China, adiou os planos da federação de retomar as atividades do futebol profissional no país.

A China, epicentro da pandemia da COVID-19, controlou, segundo os dados, a propagação do coronavírus, mas as autoridades temem uma segunda onda de contaminação, procedente de casos importados do estrangeiro.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.