Covid-19: Vinte e um angolanos com testes inconclusivos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Vinte e um angolanos, dos 93 retirados da “Pensão Luanda”, em Lisboa, têm os testes da Covid-19 inconclusivos, pelo que permanecem no hotel para onde foram transferidos pelas autoridades portuguesas.

A informação foi dada hoje (terça-feira), à Angop, pelo secretário-geral dos Doentes Angolanos em Portugal, Vitorino Leonardo, tendo referido que, com excepção dos 21 que se mantêm no hotel, os demais “estão estáveis” e foram retirados do local em que estavam confinadas, devendo regressar à “Pensão Luanda”, que já foi desinfestada.

Domingo último (12), as autoridades portuguesas retiraram da referida pensão 93 doentes angolanos, para, durante três dias, desinfestarem o local como medida de precaução, depois de três doentes terem testado positivo para a Covid-19.

A “Pensão Luanda” é um dos locais onde habitualmente se hospedam os angolanos que se deslocam a Portugal em tratamento médico.

Lisboa regista, neste momento, cinco casos de angolanos infectados com o novo coronavírus, numa realidade de 15 mil 987 a residir em Portugal.

Neste país europeu há 470 vítimas mortais e 266 recuperados.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Designed by nzaylakasesa,lda.