Preço do barril de petróleo Brent sobe 2,82% para 74 dólares

Lusa

Partilhe

O petróleo Brent para entrega em junho terminou hoje no mercado de futuros de Londres em alta de 2,82%, para 74,00 dólares.

O crude do mar do Norte, de referência na Europa, concluiu a sessão a cotar 2,03 dólares acima dos 71,97 com que fechou as transações na sexta-feira.

A tendência altista que o Brent apresenta coloca a sua cotação em máximos desde o início de novembro de 2018. Depois de fechar o ano passado nos 49,93 dólares, já avançou cerca de 50%.

Vários analistas atribuíram a subida de hoje ao anúncio feito pelo Governo norte-americano do fim das isenções existentes para a compra do petróleo do Irão, com o objetivo de reduzir “a zero” as exportações do regime de Teerão.

Com esta medida, Washington quer que o Irão reduza as suas receitas com a venda do petróleo, estimadas em 50 mil milhões de dólares (44,4 mil milhões de euros) anuais.

Antes das sanções aplicadas pelos Estados Unidos da América, o Irão era o quarto maior produtor na Organização dos Países Exportadores de Petróleo.

Ainda segundo os analistas, nos primeiros meses deste ano, os esforços da Arábia Saudita e aliados para reduzir a produção, juntamente com a descida involuntária da extração na Venezuela e no Irão, impulsionaram as cotações do crude até reverterem a queda registada no final de 2018.

Há dois anos, o barril de Brent chegou a cotar em torno dos 30 dólares e continuava abaixo dos 50 dólares em julho último.

A decisão de Washington de endurecer a sua posição face ao Irão vai limitar ainda mais a capacidade de exportação deste.

Os analistas admitem que a limitação da oferta (Irão) e o aumento das expetativas quanto à procura (China) vão continuar a fazer subir o preço do Brent.

Facebook Comments

Partilhe