Duas pessoas mortas e quatro turistas raptados na Nigéria

Lusa

Partilhe

Duas pessoas, uma das quais um britânico que trabalhava em ajuda humanitária, foram mortas, e quatro turistas raptados, por homens armados no norte da Nigéria, anunciou hoje a polícia.

O ataque ocorreu na sexta-feira à noite na zona do Kajuru Castle Resort, situado numa zona montanhosa, 60 quilómetros a sudeste de Kaduna, de acordo com a porta-voz da polícia do estado de Kaduna, Yakubu Sabo, citada pela Agência France Presse.

O cidadão britânico “foi abatido (…) pelos sequestradores, que tentaram entrar no resort mas não conseguiram”, explicou.

“Eles sequestraram cinco pessoas na zona, mas uma escapou”, acrescentou a responsável.

Um cidadão nigeriano, que acompanhava o britânico, foi assassinado pelos atacantes. Um grupo de 13 turistas tinha chegado na sexta-feira de Lagos, capital económica da Nigéria, referiu a porta-voz.

Em Kaduna e em toda a região noroeste da Nigéria, os raptos com pedido de resgate tornaram-se uma ameaça crescente e na estrada para a capital, Abuja, os ataques armados multiplicaram-se.

Facebook Comments

Partilhe