Angola quer criar arquivo histórico comum dos PALOP

Lusa

Partilhe

O Governo angolano pretende criar um arquivo histórico comum dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e elaborar a sua história, nomeadamente sobre a luta de libertação nacional, tendo para o efeito criado comissão multidisciplinar.

Segundo um despacho de 03 de abril, assinado pelo Presidente angolano, João Lourenço, e a que a Lusa teve hoje acesso, a medida corresponde à “necessidade de desenvolver o projeto de recolha de informação e sistematização da informação sobre a luta de libertação nacional dos PALOP”.

A comissão multidisciplinar responsável por este processo é coordenado pela historiadora e antiga ministra da Cultura de Angola, Rosa Cruz e Silva.

Facebook Comments

Partilhe