Angola: 1º de Agosto vence Progresso e compensa pontos perdidos

ANGOP

Partilhe

Com dois golos de Mabululo e outro de Ary Papel, o 1º de Agosto venceu neste sexta-feira o Progresso do Sambizanga, por 3-0, em jogo da 21ª jornada do Girabola2018/19, disputado no Estádio dos Coqueiros, em Luanda, compensando os três pontos perdidos na secretaria.

Os golos de Mabululo aconteceram aos 18 e 30 minutos e de Ary aos 60, mantendo assim o clube militar no 1º posto com os anteriores  44 pontos, apesar do conselho nacional de disciplina da FAF lhe retirado hoje três pontos, por falta de verdade desportiva no resultado frente ao Desportivo da Huíla (3-3), na 17ª ronda, disputado no dia três de deste mês.

Durante o duelo, a turma do “RI20”, mesmo a jogar na condição de visitante, era o mais solto no ataque.

Fruto disso, logo aos quatro minutos o atacante Kila, após receber um passe, quase abriu o marcador, mas desequilibrou-se e acabou com dores no relvado.

Os rubro-negros mantinham o pendor ofensivo, já os sambilas até conseguiam evitar que os ataques contrários terminassem com êxito, mas apresentavam-se sem criatividade para ripostar.

 Já aos 18 minutos, o progresso foi infeliz, quando o mesmo Kila, já próximo da área oposta, rematou forte para defesa incompleta de Nelson e na recarga Mabululo abre o marcador(1-0).

 Momentos a seguir, o mesmo Mabululo bisou aos 30 minutos, ao complementar um livre cobrado por Isaac, com golpe de cabeça (2-0), resultado terminado  ao intervalo.

 No reatamento, a toada manteve-se, e aos 47 minutos o Progresso ficou reduzido, com Chiló a ser sancionado  por comportamento irregular com cartão vermelho directo.   

Apesar da desvantagem, o Progresso procurava surpreender o rival, daí que aos  50 minutos, o médio Joãozinho por pouco teria reduzido o marcador com um remate, mas Neblu evitou o golo com uma defesa apertada.

O mesmo Joãozinho tornou vilolar a baliza adversária numa jogada posterior, mas Neblu socorreu-se de uma  defesa incompleta para evitar o pior.

Ja na recta final , a turma do Sambizanga parecia sem coordenação na defesa, o que facilitou Ary Papel ampliar a vantagem “agostina” para 3-0, com um remate colocado de fora de área.

 Após este período, Yano ainda tentou reduzir o desaire numa clara “bandeja”, mas, após amortecer a bola com o peito rematou a figura de Neblu. O resultado (0-3) registou-se até ao tempo regulamentar (90 minutos).

 Com este resultado, os rubro-negros ficam com os mesmos 44 pontos, ao passo que o Progresso do Sambizanga ocupa provisoriamente a sexta posição com 28 pontos.

Facebook Comments

Partilhe