Director de Planeamento e Estatística está detido

JA

Partilhe

O actual director do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística do Governo Provincial da Lunda-Norte, Fernando Lavres Bárber, está desde sexta-feira, 1 de Março, sob termo de identidade e residência, depois deter sido ouvido pela Procuradoria Geral da República local junto do Serviço de Investigação Criminal (SIC).

A informação apenas foi prestada ontem, em conferência de imprensa, no Dundo, pelo chefe em exercício do Departamento dos Crimes Financeiros e Fiscais do SIC na Lunda-Norte, subinspector de investigação criminal Marcos Alberto.

Segundo o responsável do SIC, Fernando Bárber está detido por suspeita de participação em crimes de peculato, violação de normas de execução do plano e orçamento, que resultaram no desvio de mais de trezentos milhões de kwanzas destinados à Administração Municipal do Cuango, entre 2016 e 2017.

Marcos Alberto avançou que, no âmbito do mesmo processo, com o nº 005/19, estão detidos, preventivamente, desde os dias 18 e 25 de Fevereiro, a ex-administradora municipal do Cuango, Angélica Umba Macanua, e o antigo director municipal do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística, Gerson Maximata.

O subinspector de investigação

criminal explicou que o actual director provincial do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística está igualmente acusado de crimes de branqueamento de capitais e associação criminosa e foi-lhe aplicada ainda a medida de coação de termo de identidade e residência com a obrigação da apresentação periódica às autoridades e a interdição de saída da província com a retenção de passaportes ordinário e de serviço.

“Trata-se de mais de trezentos milhões de kwanzas, que eram destinados a um órgão, no caso à Administração Municipal do Cuango, mas que foram utilizados para fins impróprios”, disse Marcos Alberto, acrescentando que ainda no mesmo processo podem ser arroladas mais pessoas.

O inquérito que culminou com a aplicação das medidas de coação aos três arguidos foi aberto no ano passado.

Facebook Comments

Partilhe