Zona de Comércio Livre vai beneficiar províncias fronteiriças angolanas – ministro

Lusa




Partilhar

O ministro do Comércio angolano defendeu hoje, no Luena, na província do Moxico, que a adesão do país à Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA), em 2019, irá beneficiar economicamente as regiões fronteiriças de Angola.
Joffre Van-Dúnem Júnior, que falava no ato de abertura da primeira edição da Expo-Moxico, referiu, citado pela agência angolana Angop, que a decisão, assim que entrar em vigor, dará oportunidades de negócio “em grande escala” a todos empresários de Angola, sobretudo os das províncias fronteiriças, como as do Cunene, Namibe, Cuando Cubango (todas no sul), Moxico, Lunda Sul, Lunda Norte (leste e centro norte), Malanje, Uíge, Zaire e Cabinda (norte).

O ministro lembrou que o Governo continua a trabalhar com todas as províncias fronteiriças para aproveitar as oportunidades de negócio, exemplificando a realização da Expo Moxico, “um passo para a concretização deste desejo”, devido à participação de empresários da Zâmbia e da República Democrática do Congo (RDCongo).

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>