PSG declara “guerra” ao Barcelona

Angop




Partilhar

Está aberta nova frente de batalha entre Paris Saint-Germain e Barcelona, pois Nasser Al-Khelaifi, presidente da equipa francesa, impediu o responsável pelas estatísticas do seu clube de marcar presença num evento promovido pelo “Barça”, no próximo mês de Novembro.

Em causa, segundo o diário Sport, o assédio do Barcelona ao médio Adrien Rabiot – terá já recusado quatro propostas para renovar contrato com o PSG – e as recentes declarações do presidente dos blaugrana, Josep Maria Bartomeu, em que este se congratulava com a investigação da UEFA ao clube da capital francesa devido ao fair-play financeiro.

Irritado com o comportamento do emblema catalão, comunicou Al-Khelaifi a Adrien Tarascon, responsável pelas estatísticas da equipa francesa, que estava proibido de participar no Sports Techonology Symposium, a ser organizado pelo Barcelona a 15 e 16 de Novembro.

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>