Polícia prende dezenas de líderes sindicais e proíbe manifestação no Zimbabué

Lusa




Partilhar

A polícia do Zimbabué prendeu dezenas de membros de um sindicato do comércio nas vésperas de uma manifestação programada contra o programa de estabilização financeiro, denunciou hoje o grupo local Advogados para os Direitos Humanos.

De acordo com a agência de notícias AP, que cita os advogados, a polícia prendeu dezenas de membros do Congresso dos Sindicatos do Comércio do Zimbabué em Harare e nas cidades de Mutare e Masvingo.

Existe uma forte presença policial em Harare depois de o Governo ter proibido o protesto, alegando o surto de cólera em curso, mas já foi interposta uma ação judicial para permitir a manifestação, devendo um tribunal pronunciar-se ainda hoje, relata a A

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>