PN considera infundadas informações sobre demissão do comandante geral

Angop




Partilhar

O Comando Geral da Polícia Nacional considera infundadas as informações postas a circular, nas redes sociais, segundo as quais o comandante geral, comissário geral Paulo Gaspar de Almeida, apresentou o seu pedido de demissão do cargo, alegando razões de saúde.

Em um documento, o gabinete de comunicação institucional e imprensa do Ministério do Interior diz tratar-se de uma falsa informação.

A nota, chegada hoje, quinta-feira, a Angop, indica que o comandante geral goza de boa saúde e em momento algum pediu demissão do cargo que exerce.

Segundo o documento, a informação visa criar um clima de suspeição e desestabilização, num momento em que a PN se encontra engajada em operações de combate à criminalidade.

Para terminar o Comando Geral da Polícia Nacional apela aos efectivos a não se deixarem levar por manobras que têm como objectivo apenas, desvia-los do cumprimento da sua missão

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>