Lucas Ngonda nega diálogo com militantes

ANGOP




Partilhar

O presidente da FNLA, Lucas Ngonda, negou a possibilidade de dialogar com os militantes que efectuaram vigílias defronte a sede do partido, para, entre outros, exigir a sua renúncia do cargo.

Em conferência de imprensa, realizada em Luanda na última quinta-feira, Lucas Ngonda descartou a possibilidade de renunciar a presidência da FNLA, conforme pretende o grupo de 300 militantes que pernoitaram, durante dias, nas instalações da sede partidária.

Na última semana, o político evitou dialogar com os militantes sobre a situação partidária, mesmo depois de ter acertado a data e agenda do encontro com uma dezena destes, em representação do país.

Sobre essa questão, informou que os militantes apareceram em número superior ao acordado e exigiam a destituição do presidente.

Acusou os militantes André Nsemo Kudizemba, José Maria junqueira, Nimi Ya Nsimbi como responsáveis de um grupo encarregue de criar situações para o presidente deixar o poder, sem contudo divulgar o nome do líder do mesmo.

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>