Colisão entre autocarro e viatura ligeira provoca quatro mortos

ANGOP

A colisão entre um autocarro e uma viatura, às 13h50 de hoje, provocou a morte de quatro pessoas e o ferimento ligeiro de 39 outras, na aldeia de Carianga, a oito quilómetros de Ndalatando, província do Cuanza Norte.

O acidente envolveu uma viatura ligeira de marca Land Cruiser e um veículo de transporte de passageiros, quando a primeira, proveniente de Ndalatando com destino ao município do Golungo Alto, estourou um dos pneus indo embater ao autocarro que vinha da província de Malanje, resultando no capotamento do ligeiro e no despiste do autocarro.

De acordo com testemunhas no local, três das vítimas mortais viajavam na viatura ligeira, sendo o motorista uma mulher com seu filho de tenra idade, enquanto a quarta era um passageiro do autocarro.

Em declarações à imprensa, o motorista do autocarro, Luís José Manuel, referiu que a viajem decorria com normalidade até que uma viatura desgovernada apareceu subitamente a sua frente, deixando-o sem possibilidades de travar em função da rapidez com que o acidente ocorreu.

Por seu turno, o comandante adjunto da unidade de viação e Trânsito no Cuanza Norte, Manuel Francisco Joaquim, apontou a negligência do motorista da viatura Land Cruiser como a causa do acidente, pela utilização de pneus sem condições de segurança e circulação.

Na ocasião apelou os automobilistas maior responsabilidades quando estiverem a utilizar a via pública.

Enquanto isso, à imprensa, o director clínico do Hospital Provincial do Cuanza Norte, onde foram transportados os feridos para assistência medica, Inácio Francisco, adiantou que deram entrada no banco de urgência da instituição 39 feridos, vitimas do acidente, dos quais 29 adultos e 10 crianças, com traumatismos diversos e que foram prontamente assistidos.

Adiantou que desses feridos, os nove estão internados com um quadro clínico estável nos serviços de ortopedia e cirurgia por apresentarem politraumatismo com contusão torácica e abdominal, fraturas nos membros superiores e inferiores sem gravidades.

“Dizer que são doentes estáveis, a equipa local foi acionada e estamos a trabalhar com um grupo multidisciplinar a fim de dar tratamento aos sinistrados”, frisou.

O acidente ocorreu na Estrada Nacional número 230.

Comentários do Facebook
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>