Emmanuel Macron saúda ausência de Kabila nas eleições presidenciais da RDCongo

LUSA




Partilhar

O Presidente francês, Emmanuel Macron, saudou a decisão do Presidente da República Democrática do Congo (RDCongo), Joseph Kabila, de não se recandidatar nas eleições presidenciais de 23 de dezembro, anunciou hoje o Palácio do Eliseu.

Emmanuel Macron “presta homenagem à ação do Presidente Kabila pela unidade e integridade da RDCongo”, indica o comunicado da Presidência francesa, citado pela agência de notícias France-Presse (AFP).

“Juntamente com os seus parceiros e, em particular, com a União Africana, organizações regionais e países vizinhos, a França está pronta para acompanhar os esforços das autoridades da RDCongo para realizarem eleições livres, transparentes e inclusivas a 23 de dezembro”, refere a nota do Eliseu.

Na quarta-feira, o Presidente da RDCongo, Joseph Kabila, nomeou o antigo ministro do Interior Emmanuel Ramazani Shadary, como candidato pelo Partido Popular pela Reconstrução e Democracia nas eleições presidenciais.

No mesmo dia, a diplomacia francesa saudou a “decisão histórica na África Central”, pedindo “respeito pelos marcos que levarão às eleições de 23 de dezembro a concretizarem-se da melhor forma possível”.

Segundo a Comissão Eleitoral Independente, até ao momento, 23 candidatos apresentaram as suas candidaturas para as eleições presidenciais na República Democrática do Congo.

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>