Tentativa de agressão a Álvaro Sobrinho dentro do Altice Arena

Partilhar

O empresário Álvaro Sobrinho, líder da Holdimo, segundo maior acionista do Sporting, foi hoje alvo de tentativa de agressão dentro do Altice Arena, em Lisboa, durante a Assembleia Geral (AG) de destituição que decide o futuro do presidente.

A subcomissário da Polícia de Segurança Pública (PSP) Ana Carvalho disse aos jornalistas que a situação foi “prontamente resolvida” e que “não passou de uma tentativa” de agressão.

A PSP informou que levou Álvaro Sobrinho “para uma zona segura” e que não houve “qualquer situação de detenção, só houve tumulto”, sendo também “o único registo confirmado no interior”.

Ana Carvalho assegurou que “para já não estão pensadas medidas de segurança adicionais” e que a polícia será chamada a intervir no interior do Altice Arena mediante indicação do presidente da Mesa de Assembleia Geral, Jaime Marta Soares.

Álvaro Sobrinho foi assediado enquanto esperava na fila para votar para a destituição do Conselho Diretivo do Sporting, mas garantiu que “não chegou a haver agressão”, em declarações prestadas à TVI.

“Tive de sair da fila [para votar] com a segurança do próprio pavilhão”, explicou.

O líder da Holdimo, segunda maior acionista do clube de Alvalade, disse que apenas quando entrou no recinto é que reparou “que havia discursos inflamados” e imputou as culpas a Bruno de Carvalho.

“Ele é responsável por muitas das coisas que acontecem”, considerou, elencando que Bruno de Carvalho “não percebe o que é a democracia” e que “é bom que as autoridades tomem conta disso e percebam que ele é incendiário”.

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>