Índice de mortalidade por malária aumenta no Bié

ANGOP




Seiscentos e 73 mortes por malária foram registadas no primeiro trimestre deste ano na província do Bié, contra os 557 óbitos do período análogo anterior, informou nesta sexta-feira, na cidade do Kuito, o chefe do departamento local de saúde pública e controlo de endemias, Isaías Sambunga Cambissa.

o responsável disse à Angop que no periodo em referência as instituições sanitárias da província notificaram 151 mil e 69 novos casos da enfermidade, mais 90 mil e 673, comparado com o período antecedente.

O responsável frisou que as autoridades locais estão a implementar estratégias para inverter o índice de morbi-mortalidade, principalmente em mulheres grávidas e crianças, através da implementação de acções de melhoria do saneamento básico do meio e distribuição de mosquiteiros.

A introdução de novos medicamentos para o tratamento da enfermidade, realização de palestras de sensibilização, treinamento do pessoal médico, pulverização dos bairros e residências e a testagem rápida, são ainda medidas desenvolvidas para a prevenção da enfermidade.

Aconselhou a população a dar importância à prevenção da doença, principalmente na luta contra o mosquito transmissor da doença, de forma a reduzir os índices de morbi-mortalidade no seio das comunidades.

Comentários do Facebook
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>