SINISTRALIDADE

Atropelamento colectivo causa morte de duas pessoas em Viana

Partilhar

Duas pessoas morreram e 10 outras ficaram feridas na sequência de um atropelamento colectivo, entre duas pedonais, na EN 230, no troço da ex-praça da Estalagem, município de Viana, na tarde de quinta-feira.

O comandante da Unidade de Trânsito de Luanda, superintendente-chefe Roque Silva, disse hoje à Angop que dos feridos, dois encontram-se em estado grave e a receber tratamento numa unidade hospital, enquanto as outras oito já receberam alta.

De acordo com o oficial, o facto ocorreu quando o grupo de peões decidiu transpor os separadores e atravessou na faixa de rodagem, acabando atropelados por uma viatura ligeira.

Lamentou o facto de os peões terem ignorado as duas pedonais e feito a travessia de forma insegura.

O oficial superior da corporação solicitou o envolvimento da sociedade na divulgação da importância da utilização das passagens para peões de forma a contribuir para a redução dos atropelamentos nas estradas de Luanda.

Afirmou que as pessoas não usam os meios à sua disposição, por desconhecimento ou negligência, pondo em risco as suas vidas ao atravessarem fora das passagens áreas.

Recordou que o artigo 97 do Código de Estrada prevê multa para qualquer pessoa que atravesse a via em local impróprio

Os atropelamentos destacam-se nos acidentes que ocorrem diariamente em Luanda

Comentários do Facebook

Partilhar