POLÍTICA

Guiné Equatorial isenta vistos em passaportes diplomáticos e de serviços de Angola

Partilhar

A Guiné Equatorial ratificou o acordo de isenção de vistos em passaportes diplomáticos e de serviços, para permitir que os cidadãos dos dois países possam circular livremente pelos respectivos territórios, no quadro do reforço da cooperação bilateral.

A informação foi prestada nesta sexta-feira, em Luanda, pelo ministro das Relações Exteriores e Cooperação da Guiné Equatorial, Simeon Oyono Esono Angue, que entregou uma mensagem do Presidente guineense, Teodoro Nguema, ao Chefe de Estado angolano, João Lourenço.

Na sua mensagem, o Chefe de Estado da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema, defende o reforço das relações de amizade e de cooperação entre os dois países.

Em declarações à imprensa, o ministro Simeon Oyono Esono Angue disse que as partes trabalham para diversificar a cooperação, adoptando meios que ajudem a identificar interesses comuns, com benefícios recíprocos.

Para si, a cooperação nos domínios da aviação civil e pescas, aproveitando a extensão marítima de Angola e da Guiné, pode ser explorada em proveito dos dois países

Por outro lado, informou que a Guiné Equatorial vai dando passos significativos para consolidar a sua adesão à Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), generalizando o ensino do idioma para que os cidadãos possam se exprimir em português.

O ensino da língua portuguesa se generalizou nas escolas públicas, referiu o enviado especial do Presidente Teodoro Nguema.

Anunciou que a Guiné Equatorial prepara-se para, este ano, acolher uma cimeira do Golfo da Guiné

O ministro chegou nesta sexta-feira à capital angolana.

Comentários do Facebook

Partilhar