EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA

Sonangol reitera compromisso de pagamento de Navios Sonda

Partilhar

A Sonangol reiterou a sua pretensão de honrar os compromissos assumidos para aquisição definitiva dos dois Navios Sonda, construídos na Coreia do Sul, pela Daewoo.

De acordo com uma nota de imprensa da petrolífera nacional, o entendimento para o efeito foi restabelecido quinta-feira última, num encontro, ocorrido à margem da Conferência de Tecnologias Offshore (OTC na sigla inglesa), em Houston, Texas, Estados Unidos da América, entre a Delegação da Sonangol e uma comitiva da empresa coreana Daewoo.

Para o efeito, o presidente da Sonangol, Carlos Saturnino, acordou os mecanismos a accionar pela petrolífera nacional visando o abate da dívida com a empresa sul coreana, para que os navios sonda entrem em funcionamento no próximo ano.

Os dois navios, construídos sob encomenda da Sonangol, deverão ser peças chave na estratégia da petrolífera, que prevê, para 2019, o recrudescimento dos projectos de desenvolvimento petrolífero.

Em relação a estes dois navios, Carlos Saturnino recebeu, num outro encontro, da companhia Ensco a manifestação de interesse em concorrer para os serviços dos dois navios sonda.

Noutra reunião, o presidente da Sonangol, administradores executivos e quadros seniores presentes em Houston, receberam a direcção da Cobalt com quem tratou da consolidação do compromisso firmado no sentido da transferência dos direitos participativos nos Blocos 20 e 21 para a Sonangol.

No âmbito do mesmo processo, a Cobalt deverá igualmente iniciar o processo de passagem de dados geográficos e geofísicos à petrolífera estatal angolana.

A delegação da Sonangol reuniu-se também com a direcção da Halliburton para actualização de pontos de interesse comum.

Comentários do Facebook

Partilhar