AGRICULTURA

Governo da República Checa disponível para ajudar Angola a desenvolver agricultura




Partilhar

O secretário de Estado do Ministério da Agricultura da República Checa manifestou hoje disponibilidade do seu país para ajudar Angola a depender menos das importações no domínio agrícola, e com isto ajudar também a diminuir o desemprego.

A posição foi hoje expressa, em Luanda, por Jiri Sir, que chefia uma delegação que integra empresários do seu país, durante um encontro que manteve com o secretário de Estado de Cooperação Internacional e Comunidades Angolanas, do Ministério das Relações Exteriores de Angola, Vieira Lopes.

“Eu e toda a minha delegação durante a nossa missão aqui em Angola vamos tentar conhecer as condições concretas da agricultura e vamos tentar conversar com os nossos parceiros, para contribuirmos para o desenvolvimento e para aumentar em primeiro lugar o emprego no setor agrícola”, disse na sua intervenção o governante checo.

Segundo Jiri Sir, a República Checa aprecia o esforço do atual Presidente angolano, João Lourenço, que visa o desenvolvimento económico e o aumento do emprego, principalmente da juventude.

“Seria um grande prazer para nós, poder contribuir para diminuir a dependência de Angola dos produtos agrícolas e dos alimentos e igualmente apoiamos o esforço do Presidente da República em combater a corrupção, bem como para facilitar o desenvolvimento económico no intercâmbio com o estrangeiro”, referiu.

Relativamente ao esforço de Angola no combate à corrupção, o secretário de Estado da Agricultura checo disse que este é “um ponto crucial para o futuro desenvolvimento do país”, que tem boas perspetivas.

Jiri Sir sublinhou que no domínio do comércio, a República Checa, que tem uma economia moderna e aberta, apoia tanto exportações como importações, tendo uma vasta experiência neste setor.

O governante checo informou que antes da reunião, manteve um encontro com a organização internacional “People in Need”, com mais de dez anos de presença em Angola, para ouvir as suas experiências com o seu trabalho em território angolano.

“O Ministério da Agricultura da República Checa é um dos doadores que apoia a atividade desta organização internacional, especialmente na sua tentativa de trabalhar no campo com as pessoas que levam a vida rural e a organização ensina a eles como trabalhar no solo arável, como produzir várias comunidades agrícolas”, frisou.

Por sua vez, o secretário de Estado de Cooperação Internacional e Comunidades Angolanas, do Ministério das Relações Exteriores de Angola, Vieira Lopes, lembrou que os dois países assinaram em 1977 um protocolo de cooperação, que traduzia o envio de especialistas cooperantes a Angola, que precisa ser revitalizado.

“Nós sentimos o reflexo da vossa cooperação e a vossa presença aqui vai também traduzir na discussão de aspetos, que visam revitalizar a cooperação existente entre os nossos dois estados”, salientou.

Vieira Lopes disse que Angola está a trabalhar para fugir da dependência do petróleo e a agricultura é uma das grandes apostas.

“Nós temos terrenos bastante férteis e já ultrapassamos em grande escala a questão da desminagem, de modos que precisamos toda a terra a produzir. A luta no combate à pobreza passa essencialmente pelo trabalho da terra, nós precisamos de ocupar os ex-combatentes no trabalho da terra, precisamos de criar infraestruturas no campo e vamos contar com o vosso apoio”, acrescentou.

Durante a sua estada em Angola, a delegação checa vai participar de um fórum empresarial, na quarta-feira, e tem agendados encontros com os responsáveis máximos de três instituições bancárias do país.

De acordo com o programa de visita, Jiri Sir vai manter ainda hoje encontros com o seu homólogo angolano, André Moda, e com o secretário de Estado do Presidente da República para o Setor Produtivo, Isaac dos Anjos, tendo ainda agendado até ao fim da visita, na quarta-feira, visitas a empreendimentos agrícolas.

Angola estabeleceu relações político-diplomáticas e de cooperação com a República Checa a 01 de janeiro de 1993, data em que se constituiu o novo Estado checo.

Em 1999, foi assinada uma Declaração sobre as relações Bilaterais entre os dois países e em 2006, assinado o Memorando de entendimento e o Programa de Cooperação para o Desenvolvimento.

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>