SOCIEDADE

Isabel dos Santos anuncia para breve o portal “www. factos-sonangol.com” sobre a sua gestão na Sonangol




A ex-presidente do conselho de adminstração da Sonangol, Isabel dos Santos, anunciou para breve o lançamento de um portal onde serão publicados conteúdos verídicos sobre a sua gestão na Sonangol.

O anúncio foi feito através da sua página na rede social Instagram, nesta sexta-feira, onde Isabel dos Santos sublinha que “é importante repor a verdade dos factos, depois das acusações feitas na conferência de imprensa da Sonangol, do último dia 28 de Fevereiro”.

A empresária acrescenta ainda que neste portal as pessoas poderão encontrar “o rigor e a verdade sobre a administração que presidi na Sonangol”.

Em causa estão as acusações feitas pelo actual presidente do conselho de administração da Sonangol, Carlos Saturnino, ao endereço de Isabel dos Santos, sobre suposto desvio de 38 milhões de dólares e pagamento de salários indevidos.

Isabel dos Santos rebateu todas as acusações sobre as más práticas da antiga administração da Sonangol.

Em entrevista ao Jornal de Negócios, e igualmente, numa extensiva nota de imprensa, a empresária disse que as acusações são falsas e que tudo não passa de uma “campanha generaliza e politizada contra a sua pessoa organizada em coordenação com os órgãos de imprensa da oposição”.

Isabel dos Santos nega ter sido efectuado qualquer transferência no dia 16, um dia após a exoneração da antiga administração. E igualmente nega ter recebido 145 salários, como afirmou Carlos Saturnino, mas esclarece que recebeu 17 salários referentes aos 18 meses que esteve na Sonangol.

Recentemente o Jornal Expresso publicou um artigo que contraria a versão apresentada pela actual direção da Sonangol, segundo o qual, a petrolífera estatal nunca recebeu dividendo da sua participação na Galp. Acusando Isabel dos Santos de ter recebido e retido para si 438 milhões de euros pagos pela Galp entre 2012 e 2016.

O Jornal português escreve que os registos mostram que, embora o valor pago seja muito inferior ao devido, Isabel dos Santos pagou 79 milhões de euros a Sonangol.

Comentários do Facebook
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>