Advogada de 26 anos encontrada morta na fossa da própria casa no Zango




Partilhar

A jovem advogada de 26 de anos de idade, Carolina Joaquim de Sousa da Silva, desaparecida desde 29 de Novembro, foi encontrada morta na fossa da sua própria residência no bairro Zango 3, município de Viana, em Luanda.

Segundo fontes policiais, Carolina da Silva, saiu de casa na companhia do esposo, que a acompanhou até à paragem onde apanhou o táxi e não mais voltou a ver.

Ainda segundo porta-voz da delegação Provincial do Ministério do Interior em Luanda, Mateus Rodrigues, o marido decidiu apresentar queixa junto de uma esquadra da Polícia do Zango, onde os operacionais do Serviço de Investigação Criminal (SIC) com a colaboração do cônjuge realizaram uma série de buscas para localizar a jovem advogada mas, sem sucesso.

Graças ao trabalho de inteligência da polícia o corpo da jovem foi ontem encontrado na própria casa do casal, revelou a mesma fonte.

De acordo com Mateus Rodrigues, ainda não foram feitas nenhuma detenção mas, garante que os serviços de investigação estão a trabalhar no sentido de apurar o suposto culpado.

Comentários do Facebook

Partilhar
<script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js"></script>
<ins class="adsbygoogle"
     style="display:block"
     data-ad-format="autorelaxed"
     data-ad-client="ca-pub-7513151535689663"
     data-ad-slot="7531535151"></ins>
<script>
     (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
</script>